INÍCIO>Informação>Notícias>Esclerose múltipla afecta 5 mil pessoas ...
 
               
            IN    
Destaque

Bébéconfort - Te...
3,85 €
3,08 €
 
 
Boas Festas
Dez'2017
17
domingo
   
 
Informação
 
 
Esclerose múltipla afecta 5 mil pessoas
 
Começa por haver uma perda das funções visuais, de equilíbrio, de força ou sensibilidade. Gradualmente, surge o descontrolo da função sexual, da bexiga e da memória, bem como alguma fadiga.
 
Esclerose múltipla afecta 5 mil pessoas
 

 Assim é a esclerose múltipla, doença crónica e degenerativa que interfere com a capacidade do sistema nervoso central em controlar os movimentos do corpo. Afecta mais de cinco mil pessoas em Portugal, sobretudo jovens. Só em medicamentos – disponibilizados gratuitamente nos hospitais – cada doente custa ao Estado entre oito a 20 mil euros anuais.

"Diz-se múltipla porque há múltiplas localizações de lesões no sistema nervoso central", explicou ao CM Joaquim Pinheiro, presidente do Grupo de Estudos da Esclerose Múltipla. O neurologista explica quais os sinais de alerta: perda de visão num olho ou visão dupla, ausência de força ou de sensibilidade nos braços ou pernas, falta de coordenação no andar. Os sintomas aparecem e desaparecem, total ou parcialmente, de forma imprevisível.

A somar ao facto de a população desconhecer a doença, há o problema da adesão ao tratamento. As injecções diárias, em dias alternados ou semanais de medicamentos com efeitos secundários não são uma ideia agradável para os doentes.

Por fim deixa o apelo: "Temos bons profissionais, anualmente surgem técnicas mais eficazes e, apesar da cura ser um objectivo longínquo, a possibilidade de limitar a progressão da doença é real."

DRAMA ATINGE TODA A FAMÍLIA

Por ser uma doença neurológica crónica, a esclerose múltipla tem impactos significativos na saúde física e mental do doente. Assim, o drama deste doente é vivido pela família. As estruturas de apoio estão sensibilizadas e ajudam, facilitando o acesso a programas de apoio à aquisição de medicamentos, com cuidados de saúde temporários ou definitivos e serviço domiciliário.

DIAGNÓSTICO DEVE SER PRECOCE

O diagnóstico precoce é fundamental pois permite tratamentos atempados e mais eficazes. Nomeadamente terapêuticas que modificam a evolução natural da doença, limitando a progressão da incapacidade, o número de surtos ou ataques e lesões. A fisioterapia é uma estratégia central no tratamento da esclerose múltipla pois permite manter ou recuperar a função motora do corpo.

O MEU CASO: JOSÉ LUÍS PINTO

"SINTO UMA REVOLTA GRANDE"

José Luís Pinto, de 43 anos, é portador de esclerose múltipla. Os primeiros sinais apareceram aos 17 anos, mas foram ignorados. "Sentia alguma fraqueza nas pernas mas não liguei, até que um dia acordei e tinha visão dupla. Fiquei muito assustado", relembrou.

Após consultar, sem sucesso, vários médicos, o diagnóstico foi conhecido aos 25 anos, através de uma ressonância magnética pedida por um neurologista.

Sobre a patologia nada sabia. "Entrei em contacto com várias pessoas, algumas tinham o mesmo problema que eu, e pesquisei bastante", conta este residente na Amadora. Foi forçado a abandonar o trabalho como empregado de mesa. Porém, recorda como pior momento o mês e meio que teve de cama, por não ter força para se movimentar. José não esconde a frustração que sente por estar preso a uma doença incapacitante. "Sinto uma grande revolta, penso que estou a dar trabalho à minha família", diz. No entanto não fica preso em casa. "Sair de casa, contactar com outras pessoas com o mesmo problema é fundamental", conclui.

DISCURSO DIRECTO

"DOENTES TÊM UMA CARREIRA CURTA", Manuela Neves, Dir. da Soc. Port. de Esclerose Múltipla 

– Que tipo de ajuda é pedida?

– Os doentes têm necessidades ao nível da fisioterapia, terapia da fala e ocupacional. Buscam apoio jurídico e assistência social. Fazemos também limpezas e entrega de refeições ao domicílio.

– Quem pede essa ajuda?

– A família. A maioria dos doentes desconhece quais os seus direitos enquanto portador de patologia incapacitante.

– Existe preconceito?

– Um portador de esclerose múltipla tem uma carreira profissional curta, pois vai perdendo a sua independência e tem dificuldade em arranjar emprego, porque é visto como alguém que não é produtivo.

– Quais os obstáculos da sociedade na ajuda a estes doentes?

– Somos incompreendidos pelos serviços públicos. Precisamos de mais apoio económico, que serviria para optimizar o nosso ginásio, contratar mais fisioterapeutas e alargar o horário de funcionamento. Lutamos para que os médicos passem a prescrever aos doentes os nossos serviços de fisioterapia. 

Notícia Correio da Manhã.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-07-04 17:51:41
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
Promoções


Barreira Porta - Wall-Fix Extending - Metal
69,98 €
55,98 €
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 23h
sábado:
9h às 23h
Horário actual
Neste momento:
Estamos encerrados
[Fora de Período de Abertura]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Sem iniciativas a decorrer hoje
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados