INÍCIO>Informação>Notícias>Administradores hospitalares: programa «não é claro» e é «general...
 
               
            IN    
Destaque

Depuralina Fiber...
22,13 €
16,60 €
 
 
Boas Festas
Dez'2017
17
domingo
   
 
Informação
 
 
Administradores hospitalares: programa «não é claro» e é «generalista»
 
A Associação de Administradores Hospitalares (AAH) entende que, na área da Saúde, o programa do Governo PSD/CDS-PP, entregue terça-feira na Assembleia da República, «não é claro» e é «generalista».
 
Administradores hospitalares: programa «não é claro» e é «generalista»
 

Em declarações à agência Lusa, Pedro Lopes, presidente da AAH, mostrou-se em desacordo com a possibilidade de dar a gestão de hospitais públicos a operadores privados ou do sector social, uma das medidas que constam no programa do Governo.

“Existe no enquadramento público capacidade e gestores com qualidade e com resultados claros na gestão hospitalar. Devíamos melhorar esse processo e não concessionar à privada situações que um sistema público pode resolver”, afirmou.

Pedro Lopes sublinha ainda que, “enquanto o Governo socialista tinha uma ideia muito clara de que a gestão [das instituições públicas de Saúde] era pública, aqui voltamos a um processo que já foi assumido pelos anteriores Governos sociais-democratas que vai no sentido de entregar à privada a gestão das instituições”.

Relativamente à fusão, concentração ou extinção de instituições ou serviços que "revelem uma clara sobreposição de capacidades” ou que desenvolvam actividades menos prioritárias, o responsável da AAH considera que devem ser estudados alguns projectos “no sentido de avançar para centralizações”.

Pedro Lopes reconhece que “há situações que provavelmente estarão em condições de virem a ser integrados e fundidos”, o que “não parece um processo mau”.

O Governo vai estudar a possibilidade de dar a gestão de hospitais públicos a operadores privados ou do sector social e quer rever o modelo de comparticipação estatal de medicamentos.

Segundo o programa hoje entregue no Parlamento, o Governo quer ainda reforçar a intervenção dos privados na prestação de cuidados, em particular nos centros de saúde, abrindo a sua gestão a entidades privadas ou sociais – como já tinha sido proposto pelo PSD.

Para aumentar o rigor da gestão nas unidades de Saúde, pretende avançar com a fusão, concentração ou extinção de instituições ou serviços que "revelem uma clara sobreposição de capacidades” ou que desenvolvam actividades menos prioritárias.

Notícia RCMPharma.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-06-29 13:04:24
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
Promoções


BébéConfort - Babetes Descartáveis
7,76 €
6,21 €
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 23h
sábado:
9h às 23h
Horário actual
Neste momento:
Estamos encerrados
[Fora de Período de Abertura]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Sem iniciativas a decorrer hoje
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados