INÍCIO>Informação>Notícias>IF aguarda por regulamentação para voltar a pôr preço nas embalag...
 
               
            IN    
Destaque

Orthia Coxim Qua...
54,97 €
 
 
Boas Festas
Dez'2017
18
segunda-feira
   
 
Informação
 
 
IF aguarda por regulamentação para voltar a pôr preço nas embalagens de medicamentos
 
A Indústria Farmacêutica (IF) afirma que será necessário um regulamento para aplicar a reposição do preço nas embalagens dos medicamentos, uma medida que os laboratórios continuam a contestar, avança a agência Lusa.
 
IF aguarda por regulamentação para voltar a pôr preço nas embalagens de medicamentos
 

Foi esta quinta-feira publicado em Diário da República o diploma que prevê que os remédios voltem a ter o preço de venda ao público nas embalagens, mas a associação da indústria farmacêutica (Apifarma) espera que a autoridade dos medicamentos (Infarmed) emita uma regulamentação sobre a matéria.

"Tem que haver algum regulamento que permita a implementação, porque não é cada um que vai pôr os preços como quer ou lhe apetece. Tem que haver regras mínimas para estabelecer como as coisas se devem fazer", argumenta o presidente da Apifarma, em declarações à Lusa.

Almeida Lopes espera que o Infarmed, "em colaboração com a indústria", decida a forma de aplicação da medida, de forma a “ver os efeitos práticos” e a “obviar aos inconvenientes”.

A indústria farmacêutica tem-se manifestado contra a reposição do preço nas embalagens dos remédios, considerando que a operação de colocar os preços é um “pesadelo logístico”.

“A nossa posição não mudou. Era uma medida que não era necessária e fomos sempre frontalmente contra. Não é pelo preço nas embalagens que os doentes vêem o que é que vão pagar, porque o que pagam nunca é o que está inscrito na embalagem, há sempre a comparticipação do Estado”, referiu hoje Almeida Lopes.

O representante dos laboratórios indica ainda que, desde 2005, os remédios que prescindem de receita não têm o preço na embalagem sem que os doentes tenham levantado alguma vez esta questão.

A legislação hoje publicada define que as embalagens sem indicação de preço de venda ao público (PVP) que já estejam colocadas nos distribuidores podem ser escoadas no prazo máximo de 30 dias. As que estejam nas farmácias têm um prazo de 60 dias.

Em Outubro do ano passado, um decreto-lei do Governo veio permitir a eliminação da indicação do PVP, nos casos dos medicamentos comparticipados sujeitos a receita médica.

Contra esta medida, a oposição parlamentar decidiu repor a necessidade de recolocação do preço, aprovando, com os votos contra do PS, um diploma no último dia da sessão plenária da anterior legislatura.

Notícia RCMPharma.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-06-16 16:00:50
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 23h
sábado:
9h às 23h
Horário actual
Neste momento:
Estamos abertos
[Horário normal]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Enfermagem |9h>13h
Podologia |9h>18h
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031123
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados