INÍCIO>Informação>Notícias>Novo químico contra melanoma reduz mortalidade em 63%...
 
               
            IN    
Destaque

Tensiómetro Digi...
72,43 €
55,84 €
 
 
Outono
Nov'2017
20
segunda-feira
   
 
Informação
 
 
Novo químico contra melanoma reduz mortalidade em 63%
 
Uma droga nova que pode ser aplicada a metade dos pacientes com melanoma, o cancro da pele mais perigoso, reduziu a mortalidade a 63% das pessoas. Estes resultados, apresentados hoje na conferência da Sociedade Americana de Oncologia Clínica, foram tão esmagadores que os ensaios clínicos terminaram a meio e todos os doentes passaram a ser tratados com o novo medicamento, avança o jornal Público.
 
Novo químico contra melanoma reduz mortalidade em 63%
 

O químico, desenvolvido pela Roche e pela Daiichi Sankyo, é aplicado nos piores casos de pacientes cujo melanoma já se espalhou pelos órgãos e é inoperável. A droga, chamada de vemurafenib, é aplicada ao cancro causado pela mutação no gene BRAC, responsável por metade dos melanomas diagnosticados.

“Nunca antes vimos avanços destes”, disse citado pelo New York Times Sanjiv Agarwala, especialista em melanomas na Universidade de Temple, na Filadélfia. “Para os pacientes, é um grande salto em frente.”

Segundo os especialistas, o tempo médio de vida quando o melanoma está espalhado é de seis a dez meses. Mas com a nova droga, o tempo de vida aumenta em dois ou mais meses. Ou seja, 84% dos pacientes continuam vivos depois dos seis meses, em comparação com os 64% que recebem a antiga quimioterapia chamada de dacarbazine.

O efeito foi tão notório que os ensaios clínicos pararam por razões éticas, para que todos os pacientes do grupo de controlo passassem a utilizar o vemurafenib, que ataca directamente os tumores, diminuindo-os agressivamente. Cerca de metade dos pacientes tiveram esta redução dos tumores, comparando com apenas 5,5% dos pacientes que foram tratados com o dacarbazine, conta o Público.

“Não é necessário esperar pela morte de 50% dos 675 pacientes para se concluir que uma droga é muito melhor do que a outra”, disse citado pelo New York Times Antoni Ribas, da Universidade da Califórnia, que foi um dos investigadores dos ensaios clínicos.

O novo tratamento tem efeitos secundários: os mais comuns são erupções na pele e dores nas articulações. Um quarto dos pacientes desenvolveu também cancros de pele mais leves, chamados de carcinoma espinocelular, que podem ser retirados por cirurgia.

Uma das principais causas do cancro da pele é a exposição aos raios ultra-violeta, vindos do sol. Segundo os especialistas, o melanoma é um dos cancros que mais afecta os jovens.

Notícia RCMPharma/Público.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-06-06 17:02:46
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 24h
sábado:
9h às 24h
Horário actual
Neste momento:
Estamos encerrados
[Fora de Período de Abertura]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Enfermagem |9h>13h
Podologia |9h>18h
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031123
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados