INÍCIO>Informação>Notícias>Despesa europeia com medicamentos deve atingir 208,05 mil milhões...
 
               
            IN    
Destaque

BébéConfort - Pr...
6,76 €
5,41 €
 
 
Boas Festas
Dez'2017
18
segunda-feira
   
 
Informação
 
 
Despesa europeia com medicamentos deve atingir 208,05 mil milhões de dólares até 2015
 
O IMS Institute for Healthcare Informatics refere, em comunicado, que a despesa global com medicamentos deverá atingir cerca de 1,100 mil milhões de dólares até 2015, reflectindo um abrandamento de crescimento anual composto de 3-6% nos próximos cinco anos.
 
Despesa europeia com medicamentos deve atingir 208,05 mil milhões de dólares até 2015
 

Isto comparando com os 6,2% de crescimento anual nos últimos cinco anos. Na Europa estima-se que este valor total chegue a 208,05 mil milhões de dólares. Menores níveis de crescimento da despesa em medicamentos nos EUA, o impacto contínuo de expiração de patentes nos mercados desenvolvidos, a forte procura contínua nos mercados farmacêuticos emergentes e as mudanças políticas nos diferentes países estão entre os principais factores que influenciarão o crescimento futuro, de acordo com o novo estudo do IMS, The Global Use of Medicines (O Uso Global dos Medicamentos): Panorama até 2015.

“O nível futuro de despesa com medicamentos tem implicações cruciais para os sistemas de saúde e para os decisores políticos em todas as economias desenvolvidas e emergentes", declarou Murray Aitken, director executivo do IMS Institute for Healthcare Informatics. “Os padrões de despesa do passado oferecem poucas pistas sobre o nível de crescimento esperado até 2015. Existem dinâmicas sem precedentes em jogo, que estão a determinar rápidas mudanças no conjunto de despesas realizadas por doentes e contribuintes entre produtos de marca e genéricos, quer nos mercados desenvolvidos, quer nos emergentes".

Na última análise efectuada, o IMS Institute identifica as seguintes dinâmicas:

• As marcas aceleram o seu declínio na quota parte de despesa. Enquanto o envelhecimento das populações nos mercados desenvolvidos continuará a impulsionar o crescimento da despesa em medicamentos de marca, este será mais do que contrariado pelo impacto das expirações de patentes. Como resultado, a despesa com produtos de marca em mercados desenvolvidos permanecerá em 2015 ao mesmo nível de 2010. Em termos globais, a quota de mercado para medicamentos de marca, que passou de 70% em 2005 para 64% em 2010, deverá diminuir ainda mais até 2015, passando para 53%. Embora o crescimento dos produtos de marca nos mercados emergentes seja considerável, 80 cêntimos por cada dólar gasto em medicamentos nestes mercados em 2015 serão em genéricos.

• Um nível sem precedentes de expiração de patentes traz "dividendos de patentes" aos mercados desenvolvidos. A expiração de patentes de produtos da marca levará à poupança líquida de 98 mil milhões de dólares por parte dos contribuintes nos países desenvolvidos até 2015, comparado com 54 milhões de dólares de poupança nos cinco anos precedentes até 2010. A expiração de patentes irá poupar aos contribuintes 120 mil milhões de dólares até 2015, compensados por 22 mil milhões de dólares em despesa esperada para medicamentos genéricos. Entre os mercados desenvolvidos, os EUA irão sentir a maior expansão de despesa em genéricos, enquanto o Japão continuará a ter a percentagem mais baixa apesar dos incentivos políticos significativos para aumentar a prescrição e distribuição de genéricos.

• Novas terapias endereçam necessidades não satisfeitas dos doentes. Os recentes e futuros lançamentos de novos medicamentos trarão alternativas de tratamento importantes para aumentar ou melhorar a qualidade de vida dos doentes. Estes incluem: medicamentos por via oral destinados à esclerose múltipla com aumento de eficácia e conforto do paciente; dois tratamentos lançados recentemente para arritmia que aumentam as opções de tratamento pela primeira vez em décadas; tratamentos para o melanoma metastático que melhoram as taxas de sobrevivência, e a primeira vacina terapêutica contra o cancro de próstata, um avanço inovador na medicina personalizada.

• Mercados farmacêuticos emergentes aproximam-se dos níveis de despesa com medicamentos dos EUA. Nos próximos cinco anos, os mercados farmacêuticos emergentes deverão quase duplicar as suas despesas com medicamentos, passando para um intervalo de 285 a 315 mil milhões de dólares, comparados com 151 mil milhões de dólares em 2010. Esta situação será impulsionada pelo forte crescimento económico e pelo compromisso dos governos no acesso alargado à saúde. O IMS Institute prevê que em 2015, os mercados farmacêuticos emergentes tornar-se-ão no segundo maior segmento geográfico global em termos de despesa com medicamentos – ultrapassando Alemanha, França, Itália, Espanha e Reino Unido juntos, e aproximando-se dos níveis dos EUA.

• Decisões de políticas na área da saúde afectam a despesa a longo prazo. As decisões políticas de 2010 que irão afectar a despesa com os medicamentos durante os próximos cinco anos incluem: a aprovação da Lei de Assistência Acessível nos EUA, que vai estender a cobertura do seguro de saúde para cerca de 25 a 30 milhões de americanos; o controlo de preços na China para garantir a sustentabilidade da cobertura universal; o primeiro corte de preços no Japão ao abrigo da sua nova política de produtos inovadores protegidos; reduções de preços nos genéricos e nos produtos não protegidos por patente em Espanha e Itália e avaliações obrigatórias custo-benefício para novos produtos na Alemanha. Além disto, bónus e descontos, que não estão reflectidos nas auditorias do IMS, estão a ser aplicados de forma mais extensa pelos contribuintes públicos e privados, especialmente nos EUA, França e Alemanha. O valor destes descontos sem incidência nas facturas em 2010 estima-se ser entre 60 e 65 mil milhões de dólares e aumentará para cerca de 65 a 75 mil milhões de dólares até 2015.

• Os medicamentos biosimilares evoluem rapidamente mas a sua adopção é limitada. Até 2015, o IMS Institute espera que a despesa em biosimilares ultrapasse os 2 mil milhões de dólares anuais, ou aproximadamente 1% da despesa global total em produtos biológicos. Até 2014 é esperada a entrada de novos medicamentos biosimilares no mercado dos EUA enquanto, durante o mesmo período, nos mercados europeus serão introduzidas moléculas biosimilares adicionais. Isto irá acelerar a despesa em biosimilares para cima do nível de 2010 que foi de 311 milhões de dólares.

 

O IMS Institute identificou também as classes terapêuticas líderes em 2015.

Estas incluem: A oncologia deverá manter-se como classe terapêutica líder, mas com uma desaceleração no crescimento de 5 a 8% dado que as terapias direccionadas existentes estão já largamente adoptadas; tratamentos para a diabetes, onde a despesa está estimada entre 4 e 7%, impulsionada pela prevalência crescente da doença e pela captação de novos agentes anti-diabéticos orais; tratamentos para a asma e a DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica), onde o crescimento deverá abrandar para 2 a 5%; e os reguladores lipídicos, onde a despesa cairá para 31 mil milhões de dólares em 2015 em relação aos 37 mil milhões de dólares de 2010.

Aitken declarou que: "Nos próximos cinco anos, não só a despesa total irá ultrapassar 1 bilião de dólares, mas os pagadores estarão a gerir dividendos de patente significativos, enquanto os governos dos mercados emergentes procuram fazer chegar as opções de tratamento a um número mais alargado de doentes. Tudo isto vai exigir que os agentes com responsabilidade na área dos cuidados de saúde encetem um diálogo verdadeiramente significativo no que se refere aos seus objectivos comuns de alargamento do acesso, redução de custos e melhores resultados.”

Aceda ao relatório do IMS Institute, The Global Use of Medicines (O Uso Global dos Medicamentos): Panorama até 2015 aqui.

O estudo apresenta também informações adicionais relacionadas com os rankings mundiais dos país, a despesa com medicamentos nos mercados desenvolvidos e nos mercados farmacêuticos emergentes e resumos de previsão sobre a despesa por país.

O relatório sobre o panorama até 2015 é baseado em auditorias do IMS e inclui todos os tipos de produtos biofarmacêuticos, incluindo os produtos biológicos, os OTC (medicamentos de venda livre) e os remédios tradicionais distribuídos e administrados através de sistemas de distribuição regulamentados, tais como farmácias, hospitais, clínicas, consultórios médicos, e por correspondência, quando aplicável. Os valores da despesa são derivados do IMS Market Prognosis™ (Previsão de Mercado do ISM) e referem-se aos preços à saída da fábrica e não reflectem os descontos e bónus não incluídos na factura. IMS MIDAS™, Lifecycle™ P & D Focus, New Product Focus da Lifecycle™, PharmaQuery™ e Therapy Forecaster™ também foram utilizados para avaliar os mercados de cuidados de saúde ao nível mundial, a classe terapêutica e as dinâmicas dos produtos, os preços ao nível nacional e as complexidades ao nível de reembolso. Mais detalhes sobre as fontes de informação estão incluídos no relatório.

Notícia RCMPharma.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-05-25 13:26:34
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
Promoções


Taaj Huile Délhicieuse
24,14 €
20,52 €
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 23h
sábado:
9h às 23h
Horário actual
Neste momento:
Estamos abertos
[Horário normal]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Enfermagem |9h>13h
Podologia |9h>18h
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031123
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados