INÍCIO>Informação>Notícias>Macau quer recrutar médicos especialistas em Portugal para novo h...
 
               
            IN    
Destaque

Depuralina Burn...
25,10 €
18,83 €
 
 
Outono
Nov'2017
24
sexta-feira
   
 
Informação
 
 
Macau quer recrutar médicos especialistas em Portugal para novo hospital
 
Macau vai contratar 22 médicos especialistas portugueses para o segundo hospital do território, que abre em 2014, estando previsto que o subdirector dos Serviços de Saúde visite Portugal na próxima semana para fazer o recrutamento. (Notícia RCMPharma)
 
Macau quer recrutar médicos especialistas em Portugal para novo hospital
 

O subdirector dos Serviços de Saúde de Macau, Chan Wai Sin, estará em Portugal de 17 a 22 deste mês para recrutar os 22 médicos, na sequência de um anúncio publicado na página da Ordem dos Médicos portugueses.

Chan Wai Sin vai entrevistar os candidatos para diversas especialidades como anatomia patológica, cardiologia, neurologia, gastrenterologia, obstetrícia/ginecologia, pediatria, medicina legal ou oncologia.

As regras do concurso estabelecem que os médicos devem estar habilitados nas especialidades há mais de cinco anos e podem receber mensalmente entre 68.820 a 83.700 patacas (cerca de 6.000 euros a 7.300 euros), “dependendo das habilitações literárias e experiência profissional”, como especifica o anúncio.

As condições oferecidas incluem ainda 22 dias úteis de férias anuais, subsídio de Natal e de férias, bilhete de avião de ida e regresso a Portugal e alojamento, benefícios que são atribuídos aos clínicos portugueses que continuam a trabalhar no território.

Além de pretenderem contratar médicos especialistas, os Serviços de Saúde procuram recrutar ainda quatro técnicos, dois de anatomia patológica, uma de medicina física e reabilitação e outro de radiologia.

De acordo com o director dos Serviços de Saúde de Macau, serão necessários cerca de 200 médicos na nova unidade hospitalar, que irá nascer na ilha da Taipa.

A Lusa contactou, sem êxito, os serviços de Saúde de Macau no sentido de saber em que países serão lançados concursos idênticos ao proposto a clínicos portugueses, dado que Macau não possui faculdade de Medicina e os médicos a trabalhar no território são formados no exterior.

Governo explica contratação de médicos portugueses por Macau com protocolo de cooperação de 2001

A contratação por Macau de 22 médicos especialistas portugueses surge no âmbito de um protocolo de cooperação assinado com a Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) em Dezembro de 2001, explicou à Lusa o Ministério da Saúde.

Sublinhando que o protocolo abrange o desenvolvimento de actividades de intercâmbio destinadas a médicos especialistas e outros agentes de saúde, o Ministério rejeitou qualquer associação entre a falta de médicos em Portugal, designadamente de medicina geral e familiar, e a cooperação com os países de expressão portuguesa e o antigo território português.
“A gestão dos recursos disponíveis para a cooperação tem, naturalmente, em primeira linha de conta a preocupação de garantir os cuidados médicos assistenciais em Portugal”, lê-se na resposta enviada à Lusa.

O Ministério alega a relação histórica de Portugal com Macau para justificar o enquadramento que confere a possibilidade de ser concedida licença especial para o exercício de funções transitórias no território por “funcionários e agentes da administração central, local e regional autónoma, por períodos não superiores a dois anos, renováveis”.
É neste contexto, acrescenta o MS, que diversos profissionais de saúde trabalham em Macau, “sujeitos sempre a autorização prévia do Ministério da Saúde e parecer dos serviços a que pertencem”.

A mesma fonte referiu que o número de profissionais nestas condições não é significativo, mas “da maior importância”, dadas as relações de cooperação e os milhares de portugueses a residir no território.

O Governo português contratou recentemente 42 médicos colombianos para ocupar lugares em 18 centros de saúde portugueses que, segundo avançou o Diário de Notícias, vão receber mais mil euros por mês de salário do que os ricem especialistas portugueses.

A diferença de salários é, no entanto, negada pelo Ministério da Saúde que garante que terão pagamentos idênticos.

De acordo com o DN, as condições propostas aos clínicos colombianos – cerca de 2900 euros brutos mensais fora horas extraordinárias – estão a levantar uma onda de indignação, que envolve internos, ricem especialistas e sindicatos.

Também a Ordem dos Médicos criticou a decisão do Governo, tendo José Silva Henriques, presidente do Colégio da Especialidade de Medicina Geral e Familiar explicado que os clínicos em questão não estão preparados para assumir as funções para as quais foram contratados.

O secretário de Estado Manuel Pizarro disse, entretanto, que o vencimento dos clínicos será igual ao dos colombianos, mas só quando for aprovado "o alargamento do horários dos recem especialistas às 40 horas, que será muito em breve".

Notícia RCMPharma.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-05-11 17:04:02
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 24h
sábado:
9h às 24h
Horário actual
Neste momento:
Estamos abertos
[Horário normal]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Enfermagem |9h>13h
Ter. da Fala |9h>10h
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados