INÍCIO>Informação>Notícias>Ministra diz que «há isenções que poderão ser revistas»...
 
               
            IN    
Destaque

Uriage Depiderm ...
27,94 €
 
 
Outono
Nov'2017
24
sexta-feira
   
 
Informação
 
 
Ministra diz que «há isenções que poderão ser revistas»
 
Governante defende a manutenção das isenções em urgências, consultas e exames nalguns sectores e doentes, tendo em consideração a sua fragilidade e condição da situação de doença. Ministra diz ainda esperar que a troika aceite as políticas já tomadas para conter gastos na saúde. (Notícia Tribuna Médica)
 
Ministra diz que «há isenções que poderão ser revistas»
 

A ministra da Saúde admitiu a necessidade de rever as isenções de algumas taxas moderadoras. “Há isenções que poderão ser revistas, não pela essência do doente, não diminuindo o seu acesso aos cuidados de saúde. Mas o rigor na atribuição da isenção deve ser feito”, afirmou Ana Jorge.

A governante defende a manutenção das isenções em urgências, consultas e exames “nalguns sectores e doentes”, atendendo “à sua fragilidade e condição da situação de doença”.

Ana Jorge afirma que muitas vezes têm isenção destas taxas, por razões financeiras, pessoas que na realidade não precisam. “Existem pessoas com pensões de reformas baixas, mas têm recursos financeiros mais elevados que as suas pensões de reforma”.

Além dos doentes crónicos, grávidas e crianças, estão ainda isentos do pagamento destas taxas beneficiários do rendimento social de inserção, trabalhadores e desempregados que recebam menos do que o salário mínimo e beneficiários do subsídio mensal vitalício.

A respeito da chegada do FMI, a ministra diz esperar que a troika passe um “visto de aceitação” às políticas já tomadas para conter gastos.

“O que eu espero é que haja um reforço, um visto no sentido de aceitação das nossas medidas, um reforço da nossa capacidade de intervir, sabendo que por este caminho nós poderemos contribuir para a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e para os custos públicos da saúde serem reduzidos”, disse.

Ana Jorge considera que uma mudança estrutural profunda no sector da saúde “levaria a grandes desequilíbrios” e que uma eventual alteração seria “mais dispendiosa”.
Intocável é, no entender da ministra, a “manutenção do SNS” tal como se conhece, “de acesso livre para toda a gente e com a mesma qualidade”.

Notícia Tribuna Médica Press/TVI24.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-04-27 12:23:16
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 24h
sábado:
9h às 24h
Horário actual
Neste momento:
Estamos abertos
[Horário normal]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Enfermagem |9h>13h
Ter. da Fala |9h>10h
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados