INÍCIO>Informação>Notícias>Hospitais pedem cauções às visitas de doentes...
 
               
            IN    
Destaque

mocc ons Meias S...
14,97 €
 
 
Boas Festas
Dez'2017
17
domingo
   
 
Informação
 
 
Hospitais pedem cauções às visitas de doentes
 
Há hospitais que obrigam os visitantes de doentes internados a pagar cauções para levantar os cartões de entrada. Os depósitos podem variar entre os cinco e os 15 euros. (Notícia RCMPharma)
 
Hospitais pedem cauções às visitas de doentes
 

A denúncia partiu do Bloco de Esquerda (BE): na terça-feira, o Hospital de São Sebastião, na Feira, terá mesmo chamado a polícia porque um cidadão que pretendia visitar a mulher insistia em entrar, apesar de não ter dinheiro para pagar a caução, conta o jornal Público.

“Foi uma situação escabrosa. Chamar a polícia foi uma forma de intimidação”, critica Pedro Filipe Soares, do BE, que já pediu explicações ao Ministério da Saúde.

Considerando que a exigência da caução é “uma clara discriminação de quem está economicamente mais frágil”, “incompreensível” num contexto de crise económica e social”, o BE adianta que a prática já originou “várias queixas”. E lembra que em muitos hospitais o controlo do acesso dos visitantes implica apenas a entrega de um documento de identificação.

O certo é que o caso do hospital da Feira – cujo Serviço de Relações Públicas não adiantou qualquer explicação ao jornal Público, alegando que a respectiva responsável estava ausente – não é único. Nos hospitais de Guimarães e Braga também são pedidas cauções aos visitantes. Aqui, são solicitados cinco euros de depósito. A justificação dada pelas unidades de saúde é que esta é a forma de garantir que os visitantes devolvem os cartões. “É um excelente sistema. Não digo que não haja uma pessoa ou outra que não estranhe, no início. Mas, a partir do momento em que a situação é explicada ao cliente, não há problemas”, assevera José Luís Costa, assessor de imprensa do hospital de Guimarães, ao Público.

Foi desde que a unidade instalou um sistema informatizado com cartões de visita electrónicos, que “são caros”, que as cauções passaram a ser exigidas. Mas José Luís Costa sublinha que nunca se impede a entrada a um visitante sem dinheiro na carteira. Nesses casos procede-se a “um controlo manual”, explica.

O hospital de Braga também cobra cinco euros por cartão, norma que vigora desde há alguns anos.

Notícia RCMPharma.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-04-18 18:13:57
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 23h
sábado:
9h às 23h
Horário actual
Neste momento:
Estamos encerrados
[Fora de Período de Abertura]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Sem iniciativas a decorrer hoje
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados