INÍCIO>Informação>Notícias>Maternidade Alfredo da Costa pede donativos para enfrentar restri...
 
               
            IN    
Destaque

Saro Louças 7 pe...
25,75 €
 
 
Outono
Nov'2017
22
quarta-feira
   
 
Informação
 
 
Maternidade Alfredo da Costa pede donativos para enfrentar restrições
 
A Maternidade Alfredo da Costa, a maior de Portugal, está a pedir donativos aos utentes e familiares para ajudar nas despesas, perante restrições orçamentais, medida criticada pela associação dos administradores hospitalares, que fala em "esquema encapotado de financiamento". (Notícia RCMPharma)
 
Maternidade Alfredo da Costa pede donativos para enfrentar restrições
 

O pedido de donativos tinha sido inicialmente noticiado pelas rádios Renascença e TSF.

Em declarações à agência Lusa, o director da maternidade, Jorge Branco, disse que, desde esta semana, as cartas de confirmação e marcação de consultas e os recibos de taxas moderadoras têm o número de identificação bancária da instituição, para o qual, se assim o entenderem, utentes e familiares podem fazer o donativo, no montante que quiserem.

Trata-se de uma prática "muito comum" noutros países europeus que "não é ilegal" e que, segundo Jorge Branco, "pode ajudar nas despesas" da maternidade, unidade financiada pelo Estado que enfrenta um "orçamento muito restritivo".

"Os beneficiários [dos donativos] são as próprias pessoas [utentes]", vincou, esclarecendo que nenhum serviço da maternidade está em causa, apesar das restrições orçamentais.

O gesto de solidariedade que é solicitado aos utentes da Alfredo da Costa, ainda sem frutos, "não é o mais adequado", de acordo com o presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares, Pedro Lopes, que considera-o um "esquema encapotado de financiamento".

Em declarações à Lusa, Pedro Lopes lembra que "os hospitais negoceiam com a tutela um contrato-programa" em função das suas necessidades.

O responsável defende que a sociedade civil "deve contribuir para a saúde", mas para "projectos concretos".

 

Utentes contestam pedido de donativos

O Movimento dos Utentes dos Serviços de Saúde também contestou que a Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, peça donativos a utentes e familiares para enfrentar restrições orçamentais, advogando que os encargos com a saúde devem ser custeados pelo Estado.

As cartas de confirmação e marcação de consultas e os recibos de taxas moderadoras têm o número de identificação bancária da instituição,

Numa reacção à agência Lusa, o porta-voz do Movimento dos Utentes dos Serviços de Saúde, Carlos Braga, contestou a medida, defendendo que "quem deve suportar os encargos com a saúde é o Governo".

"Não é aos utentes que cabe fazer a compensação das verbas que têm sido retiradas pelo Governo ao orçamento para o Serviço Nacional de Saúde", sustentou.

Alfredo da Costa sem problemas até fim mês apesar da recusa a mais horas extraordinárias

O director da Maternidade Alfredo da Costa assegurou que, pelo menos até ao fim de Abril, "não vai haver dificuldades significativas" nos serviços, incluindo urgências, devido à falta de médicos que se recusam legitimamente a fazer mais horas extraordinárias.

Em declarações à agência Lusa, Jorge Branco disse que oito médicos já manifestaram a recusa de fazer mais horas extraordinárias, além das 200 anuais previstas no Acordo Colectivo de trabalho assinado entre sindicatos e Ministério da Saúde.

"Estão no seu direito (...). Não quer dizer que não aumente este número e, a acontecer, põem-nos dificuldades de manutenção, de garantia do serviço de urgência. Agora, neste momento, isso não existe", afirmou, frisando que "até ao final deste mês não vai haver dificuldades significativas".

Jorge Branco adiantou que a maternidade, localizada na capital e a maior do País, "está a trabalhar" com o Ministério da Saúde e a Administração Regional de Saúde de Lisboa para "encontrar uma solução".

Recentemente, o jornal i noticiou que na Maternidade Alfredo da Costa a falta de médicos, que se recusam a cumprir mais horas extraordinárias, poderia levar a uma ruptura dos serviços já em Abril.

Notícia RCMPharma.
Veja notícia aqui.

 
Admin | 2011-04-18 18:07:51
 
 
1
 
 
Publicidade Google
 
 
 
Promoções


White Tabs
36,86 €
27,64 €
 
HORÁRIO de FUNCIONAMENTO
   
2ª a sexta:
8h às 24h
sábado:
9h às 24h
Horário actual
Neste momento:
Estamos encerrados
[Fora de Período de Abertura]
   
 
A DECORRER HOJE
   
Enfermagem |9h>13h
Nutrição |9h>13h
   
 
AGENDA
 
S T Q Q S S D
F234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311
 
- Actividade
 
- Mês actual
 
     
MARCAS + PROCURADAS
 
XLS | Emagrecimento Bioderma | Dermocosmética Drenafast | Emagrecimento
Saro | Puericultura Pure Altitude | Dermocosmética PiC | Tensiómetros
Cellulase Gold | Emagrecimento Medela | Mamã BioActivo | Suplementos
 
       
PARCERIAS
 
Wellfit Fitness & Spa Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo Grupo Desportivo Bolacesto Ocean Day Spa
Fisiodomus Marta de Sousa Lopes Psicologia Global Sénior Rios e Trilhos
Laços com Futuro, Apoio Domiciliário      
       
 
Newsletters
 
Cartão Cliente
 
Fale connosco
 
Adicionar aos Favoritos
 
 
Social
 
  Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Facebook
 
 
Publicidade
 
BioActivo LipoExit | Um novo conceito de emagrecimento!
 
 
  TOPO  
  INÍCIO | OnLine | Quem somos | Serviços | Farmácias de Serviço | Informações | Contactos | Links  
     
  Direcção Técnica: Drª Maria Manuela S. Rodrigues M. Rocha
2017 © Farmácia Rodrigues Rocha, Soc. Unipessoal | Todos os direitos reservados